best css templates

Um carisma forjado na Esperança


Somos uma comunidade missionária da Igreja Católica Apostólica Romana, que está a
serviço de todos. Nascemos na Diocese de campo Limpo, uma jurisdição da Igreja,
situada na zona sul de São Paulo. Nosso objetivo é a “Evangelização”, isto é, levar o
Evangelho de Jesus Cristo a todos os homens e mulheres que desejam conhecer o nosso  Deus e ser salvos por Ele. 
A Igreja Católica professa que Jesus Cristo é Filho de Deus Pai e por Ele foi enviado ao  mundo para salvá-lo e entende que sua missão é anunciar Jesus a todos os homens e mulheres; por isso, lança mão de muitos meios, entre eles de movimentos e 
comunidades missionárias, que são enviados para dar cumprimento à missão.
A Renovação Carismática Católica é um dos meios que a Igreja utiliza para a
evangelização. Há 52 anos, esse movimentos da Igreja vem dando origem a centenas de  “Comunidades Novas” em todo o mundo. Na “Renovação”, aprendemos a viver, 
intensamente, a fé cristã. A partir daí, abraçamos a doutrina da Igreja com uma vida
intensa de oração, com o uso dos carismas doados pelo Espirito Santo à Igreja, com a
Eucarística e com o amor ao Papa.


A comunidade Advento nasceu há quase 22 anos no seio da Renovação Carismática.
Nossa missão é ampla e visa, através das muitas atividades, promover a esperança
escatológica numa sociedade deprimida e vazia, que leva seus cidadãos à solidão e a
deformação moral. Temos nos encontrado com pessoas de todas as idades e de todas as  classes sociais e, ao longo dessas décadas, pudemos apresentar Jesus a muitos que, passando por um processo de cura interior, descobriram a sua dignidade de cristãos e, ao invés de cultivarem tristezas e mágoas, reencontraram a esperança, fortaleceram-se na fé e começaram a amar. Temos visto, ao longo do tempo, que o amor transforma as pessoas! 
Sim, acreditamos que “o amor tudo pode transformar!”. E Fazendo deste amor a nossa
força transformadora, ousamos levar as pessoas a esperarem no “AMOR” (1 Jo 4,8b).
Confiamos que esperar em Deus é esperar no amor e quem espera no amor e quem
espera no amor não se decepciona. (Rm 5,5).
Para que entendamos melhor este carisma, seria apropriada a leitura da homilia do Papa  Bento XVI, no dia 2 de dezembro de 2006, abaixo transcrita. Ela explica o sentido da palavra Advento, que é o nome e a essência da nossa comunidade. 
“O Advento exorta os fiéis a tomarem consciência desta verdade e de agirem
consequentemente. Ressoa como um apelo saudável, na repetição dos dias, das semanas  e dos meses: Acorda! Recorda que Deus vem! Não ontem, mas hoje, agora! O único Deus verdadeiro, “o Deus de Abraão, de Isaac e de Jacob”, não é um Deus que está no céu, desinteressando-se por nós e pela nossa história, mas é o Deus-que-vem. É um Pai que nunca cessa de pensar em nós e, no respeito extremo pela nossa liberdade, deseja encontrar-nos e visitar-nos; quer vir, habitar no meio de nós, permanecer conosco. O seu “vir” é impelido pela vontade de nos libertar do mal da morte, de tudo o que impede a nossa verdadeira felicidade. Deus vem para nos salvar. 
Os Padres da Igreja observam que o “vir” de Deus contínuo e, por assim dizer,  conatural ao seu próprio ser concentra-se nas duas vindas principais de Cristo: a da sua Encarnação e a do seu retorno glorioso no fim da história (Cf. Cirilo de Jerusalém, Catequese 15, 1: PG 33, 870). O tempo do Advento é vivido inteiramente segundo esta polaridade. Nos primeiros dias, dá-se relevo à última vinda do Senhor, como demonstram também os textos da hodierna celebração vespertina. 
Depois, aproximando-se o Natal, prevalecerá ao contrário a memória do acontecimento  de Belém, para reconhecer nele a “plenitude do tempo”. Entre estas duas vindas “manifestas”, pode-se reconhecer uma terceira, que São Bernardo chama “intermédia” e “oculta”, que tem lugar na alma dos fiéis e lança como que uma “ponte” entre a primeira e a última. “Na primeira escreve São Bernardo, Cristo foi a nossa redenção; na última, manifestar-se-á como a nossa vida: é nela que se encontram o nosso descanso e a nossa consolação” (Disc. 5, sobre o Advento, 1). Para esta vinda de Cristo, que poderíamos chamar “encarnação espiritual”, o arquétipo é sempre Maria. Como a Virgem Maria conservou no seu coração o Verbo que se fez carne, assim casa alma e toda a Igreja são chamadas, na sua peregrinação terrena, a esperar Cristo que vem e a acolhê-lo com fé e amor sempre renovados. 
Assim a liturgia do Advento evidencia o facto de que a Igreja dá voz à expectativa de
Deus, profundamente inscrita na história da humanidade; infelizmente, trata-se de uma
expectativa sufocada ou desviada para falsas direções. Como Corpo misticamente unido  a Cristo Cabeça, a Igreja é sacramento, ou seja, sinal e instrumento eficaz também desta expectativa de Deus. De uma forma que somente Ele conhece, a comunidade cristã pode apressar a sua vinda final, ajudando a humanidade a ir ao encontro do Senhor que vem. 
E fá-lo antes de tudo, mas não só, mediante a oração. (...) 
A paz é a meta à qual toda a humanidade aspira! Para os que crêem, a “paz” é um dos
mais bonitos nomes de Deus. Um cântico de paz ressoou nos céus, quando Deus se fez  homem e nasceu de uma mulher, na plenitude dos tempos (cf. Gl 4,4). Portanto, 
comecemos este novo Advento um período que nos é concedido pelo Senhor do tempo  despertando nos nossos corações a expectativa de Deus-que-vem e a esperança de que o seu Nome seja santificado, que venha a nós o seu Reino de justiça e de paz, que seja feita a sua vontade assim na terra como no céu. (...) Amém.” 
Comunidade unidade na esperança . 

A Comunidade Advento nasceu no coração de Deus em 31 de maio de 1997, na festa da Visitação de Nossa Senhora, simbolizando a visita do Pai a seu povo. Nossa missão é ser essa visita de Deus e gerar esperança escatológica através da evangelização. 


Nossa forma de viver a esperança é baseada na experiência de fé por meio da prática
sacramental, da Liturgia das Horas, da meditação do Santo Rosário e da prática das
virtudes, especialmente as dos nossos padroeiros: Virgem Maria, sob o título de Fátima,  São José, São Miguel Arcanjo, São Francisco de Sales, São João Bosco, Santa Jacinta e São Francisco Marto e Venerável Madre Maria Theodora Voiron. 


A Comunidade Advento é uma associação que possui diversas frentes de missão:
formação de jovens, através do movimento do AMICI, que busca formar homens novos; para isso, promovemos, em nossa casa de missão, aulas, cursos, atividades culturais, lazer e outros. Inspirados no método preventivo de São João Bosco, nossa busca é dar a esses jovens dignidade e caráter, ensinando cultura e fé, para que, assim, consigam ser bons cristãos e, consequentemente, bons cidadãos. 
Há dois anos, iniciamos, também, os atendimentos aos casais e suas famílias, através do  movimento MATRIMONIAR, que busca dar-lhes toda a base do convívio, na criação dos filhos, no planejamento familiar, a superar possíveis crises. Graças a esse 
movimento, temos reconstrução de famílias, renovação espiritual de suas vidas
matrimoniais e amadurecimento na prática do amor.


São 22 anos de carisma, vividos na expectativa da construção da civilização do amor.
Nosso modo de evangelizar tem, como base, a Doutrina Católica, através da Sagrada
Escritura, da Tradição e do Magistério. Inspiramo-nos na experiência espiritual dos
santos, atualizando-as às necessidades próprias de nosso tempo. Promovemos a
esperança escatológica através de encontros de espiritualidade, retiros, formação
permanente, vigílias devoção ao Sagrado Coração de Jesus e Imaculado Coração de
Maria, direção espiritual e atendimentos de oração por cura interior e libertação.
Sentimo-nos chamados a evangelizar nos meios de comunicação: já tivemos a
oportunidade de transmitir a fé cristã em programas de rádio, televisão, revistas e mídias  sociais. 


Vivemos a experiência de total entrega à Providência Divina, vivendo das doações
espontâneas e generosas de nossos associados, que acreditam nesta obra de amor e
colaboram no crescimento do Reino de Deus. Queremos com imensa alegria recebe-lo
(a) em nossa Casa de Missão. Teremos a oportunidade de apresentá-lo (a) à
Comunidade e, principalmente, a Jesus.
Desde já, seja bem vindo (a); Que Jesus Cristo Nossa Mãe Maria Santíssima te abençoe!